segunda-feira, 26 de maio de 2008

1º DE MAIO, DIA DO TRABALHADOR. PORQUÊ?

No dia 1 de Maio de 1886, quinhentos mil trabalhadores de Chicago decidiram fazer uma manifestação para reduzirem os horários de trabalho para 8 horas diárias.
A polícia, com intenção de deter a manifestação, matou e feriu dezenas de operários.
Os trabalhadores não se deixaram abater com as ameaças da polícia, porque todos achavam que as horas de trabalho eram muitas e continuaram a sua luta até ser reconhecida a legitimidade das suas reivindicações. Em 1889, o Congresso Operário Internacional, reunido em Paris, decretou o 1º de Maio, como o Dia Internacional dos Trabalhadores, um dia de luto e de luta. E, em 1890, os trabalhadores americanos conquistaram a jornada de trabalho de oito horas.
Em Portugal, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se voltou a comemorar livremente o Primeiro de Maio e este passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração deste dia era reprimida pela polícia.

Micaela 5ºC

Sem comentários: