sexta-feira, 28 de novembro de 2008

NÓS E A MODA

Somos, todos os dias, demasiadamente bombardeados pela publicidade que “dita a moda”.
As novas tendências de cada estação influenciam-nos de tal ordem que anulamos a nossa personalidade, que nos identifica, para nos tornarmos pessoas uniformes. Passam, então, a chamar-nos “Betas” ou “Dreds”, conforme o estilo que assumimos e as marcas que diariamente publicitamos de graça e sem darmos conta.
Efectivamente, sem repararmos nisso, a moda pode ter um preço muito alto: a perda da identidade. O que se torna ainda mais dramático, quando não conseguimos, por motivos financeiros acompanhar as modas e ficamos excluídos socialmente. Sabemos, muitas vezes, que usamos uma marca, uma peça de roupa, um perfume, não porque gostamos, mas porque, está na moda.
Em síntese, não devemos deixar que os nossos gostos continuem a ser anulados, desta forma. As pessoas não valem pelo estilo que escolhem para viver, mas sim pela intensidade com que vivem.


Liliana, Marlene, Vanessa e Tânia, 11º A

Sem comentários: